Paredes devem ser reforçadas com compensados de madeira ou suportes metálicos.

Trevo Drywall

Wenderson Lobo, coordenador técnico da Trevo Drywall

A fixação de objetos em paredes de drywall é um dos temas que mais geram dúvidas em quem não conhece esse sistema construtivo. A pergunta “Aguenta uma rede de dormir?”, por exemplo, é tão frequente que a resposta faz parte até dos manuais dos fabricantes das chapas, caso da Trevo Drywall, empresa situada em Juazeiro do Norte (CE). “É raro passar uma semana sem recebermos alguma consulta do tipo, ainda mais aqui na Região Nordeste, onde o uso de redes de dormir é muito comum”, afirma Wenderson Lobo, coordenador técnico da empresa.

Sim, qualquer objeto pode ser fixado nas paredes de drywall, inclusive as redes. “Nesse caso, em função da carga que será exercida, é necessário incluir reforços internos de madeira tratada ou metal durante a montagem da parede”, detalha Lobo. Ambas as alternativas resistem a 200 kg de carga máxima.

No caso da utilização do reforço de madeira, observa o coordenador técnico da Trevo Drywall, deve-se recorrer a uma peça única de compensado plastificado de 18 mm de espessura, 600 mm de altura e 400 mm de largura. “A distância entre os montantes precisa ser de 400 mm, enquanto a fixação do armador da rede deve ser feita por aparafusamento”.

Quando o construtor opta pelo suporte tubular metálico, a distância necessária entre os montantes deve ser de 400/600 mm – a fixação do armador é feita por soldagem. “Se respeitados esses cuidados, as chapas de drywall, com ou sem revestimentos de azulejo, resistem plenamente à instalação de redes de dormir”.

Serviço:
Trevo Drywall
(88) 3571-6019
trevobrasil.com.br