A história da Schuster permeia pelos mais variados elementos da cultura nacional e internacional, materializados em suas coleções, todas assinadas pelos designers mais conceituados do Brasil. Nas últimas linhas, a empresa de móveis gaúcha teve como premissa reforçar suas raízes e sua filosofia, já que em 2017 ela completa 50 anos de existência e pretende alçar novos desafios.

Esta ponte foi fundamental para que se chegasse ao tema da coleção deste ano, “Memória e Imaginário”, onde o resgate das raízes da própria empresa e da origem do design nacional resulta em peças criativas e autorais.

Arquitetos como Oscar Niemeyer e Gregori Warchavchik, John Graz, os designers Joaquim Tenreiro e Jorge Zalzsupin, o icônico Sergio Rodrigues, a visionária Lina Bo Bardi, o saudoso Bernardo Figueiredo (lembrado em três peças desta coleção), são algumas das inspirações para a coleção Memória e Imaginário. O resultado não poderia ser diferente: mais de 50 peças desenhadas com maestria por diversos escritórios de design e executadas com primor pela Schuster, que, como em todas as coleções, utiliza técnicas da mais alta marcenaria, fazendo valer a tecnologia em técnicas inovadoras junto com a tessitura da cultura artesã no acabamento e no cuidado com cada produto.

A já conhecida parceria da Schuster com renomados escritórios de design se repete nesta coleção. Jovens talentos do desenho nacional dão continuidade à tradição de desenvolverem móveis, luminárias e outros acessórios com personalidade e coerência temática, um feito que trouxe destaque à marca entre o segmento de mobiliário assinado.

Além de designers como Zanine de Zanini, Lattoog, Fernanda Brunoro, Rejane Carvalho Leite, novos escritórios fazem parte do seleto time de criativos. Salvi e Giorgi e Henrique Schreiber criaram peças exclusivas para a nova coleção.

Serviço:
Schuster
(55) 3541-1399
moveis-schuster.com.br