Maestria na etapa técnica é indispensável para garantir o acabamento perfeito.

Roca Cerámica

Ter um revestimento cerâmico com acabamento perfeito vai muito além da escolha de uma boa peça. “Processos técnicos são extremamente necessários para atingir a estética desejada e também eliminar necessidades de manutenção, garantindo qualidade”, expressa Simone Lourensi, design manager da Roca Brasil Cerámica. Com expertise centenária, a empresa se firma no mercado como uma das maiores produtoras de porcelanato no Brasil, com as marcas Roca e Incepa.

Segundo Simone, um dos processos que mais gera dúvidas é o de rejuntamento. “Saber escolher o tipo de rejunte correto e a cor que melhor aproveita as características do porcelanato é essencial”, aponta. De olho nisso, a equipe de especialistas da Roca Brasil Cerámica trouxe dicas e curiosidades importantes sobre essa fase da obra. Confira:

1. Cuidados antes de rejuntar
Garantir um bom resultado de trabalho depende de ações e cuidados que muitas vezes são simples. Uma das dicas é prestar atenção ao momento correto de rejuntar – o processo só pode ser iniciado 72 horas depois do assentamento do porcelanato. É necessário preparar a superfície antes da aplicação, certificando que o fundo das juntas esteja limpo, sem poeira e restos de materiais da obra. “Cuidados especiais devem ser tomados quando se escolhe um rejunte com cor que contrasta com a do porcelanato”, adverte Simone. Nesse caso, o ideal é aplicar cera incolor sobre o revestimento antes de rejuntá-lo, prevenindo manchas.

2. Escolhendo o rejunte
Quando se fala em rejunte para porcelanatos, três tipos são indicados:
1. Rejunte cimentício para porcelanato: ideal para o assentamento de porcelanatos em áreas internas, externas e fachadas, com espaçamento mínimo de 2 mm
2. Rejunte epóxi: recomendado para o assentamento de áreas internas ou externas, mas não fachadas. Necessita de espaçamento de no mínimo 1 mm
3. Rejunte acrílico: aconselhado o uso entre revestimentos cerâmicos, pastilhas e porcelanatos, com espaçamento mínimo 2 mm
Prático, o rejunte cimentício é muito utilizado em obras. Sua secagem completa demora cerca de 24 horas. Se utilizado em áreas molhadas da casa, deve ser impermeabilizado.
Impermeável, o epóxi dispensa o processo de impermeabilização. Com secagem muito rápida, pode manchar o revestimento se não for removido a tempo – por isso, exige atenção redobrada e mediação de profissionais para garantir o acabamento perfeito. Sua limpeza deve ser feita imediatamente após a aplicação.
O rejunte acrílico, por sua vez, é o mais indicado para quem irá aplicar sozinho. Ele já vem pronto e sua secagem ocorre em até 12 horas. Pode ser utilizado em áreas molhadas, mas não é indicado para piscinas ou fachadas.

3. Definindo a cor
Escolher a cor ideal para o rejuntamento envolve uma questão de gosto, mas algumas dicas podem garantir a harmonia desejada.
Se a ideia é garantir um efeito uniforme, por exemplo, o ideal é optar pela cor mais próxima ao porcelanato. Assim, tem-se a sensação de amplitude, em que as placas parecem uma peça única. Isso ainda disfarça problemas com a paginação, assimetrias ou recortes. Trabalhar com o contraste, porém, também é uma opção. Isso pode ajudar a destacar os revestimentos, chamando atenção para cada peça e seus detalhes, desenhos e formas. “Tudo depende do efeito desejado”, sumariza Simone.
Os tons escuros ainda são indicados para locais com muito acúmulo de poeira, pois disfarçam melhor a sujeira. “Em casas de praia, o rejunte com tom arenoso é perfeito para esconder eventuais grãos de areia”, opina. As tonalidades mais claras e neutras, por sua vez, trazem um ar mais formal e atemporal para os espaços.
Existe ainda a possibilidade de variar os tons, trazendo um visual mais arrojado.

4. Limpeza e manutenção
Alguns cuidados são essenciais para garantir a durabilidade do rejuntamento e prevenir problemas – em especial a limpeza correta, que deve ser feita semanalmente para prevenir criação de fungos e possíveis manchas. Em caso de acidente com substâncias de difícil remoção, como gordura, o ideal é limpar no mesmo instante. Existem produtos próprios para a limpeza de rejuntes e deve-se evitar escovas abrasivas ou produtos ácidos, que podem danificar o material.

Serviço:
Roca Cerámica
tel. (41) 3391-1430
rocaceramica.com.br
incepa.com.br