Um telhado bem feito é indispensável para proteção e segurança dos moradores. Além de escolher o formato, telhas, rufos e calhas, a impermeabilização correta é fundamental. A Vedacit explica quais são as principais medidas para se obter um telhado seguro e como corrigir eventuais problemas.

Para evitar os vazamentos o telhado deve ser bem projetado, executado e estar com a manutenção preventiva em dia. Para escolher qual impermeabilização será utilizada é necessário considerar o tipo de cobertura e o material que será empregado.

A ideia de que o telhado é impermeável é muito comum. Porém, ao logo do tempo, devido às movimentações sofridas pela estrutura, a água pode infiltrar. Por isso é importante que a laje ou forro tenha um caimento para as saídas de água. Outro ponto necessário é verificar o perfeito posicionamento das telhas e se há produtos impermeabilizantes já aplicados. A resina Vedacil, o hidrofugante Acquella, a manta líquida Vedapren Fast e a manta asfáltica Vedamax Glass Alumínio II são produtos que têm como finalidade evitar a absorção de água, embora cada um tenha particularidades que se adéquam melhor a cada tipo de telhado e mão de obra. Selantes ou calafetadores são necessários devido a eventuais falhas na sobreposição das telhas.

Outro ponto importante que influencia na escolha do impermeabilizante é o tipo de acabamento. Há os aplicados como pintura (Vedapren Fast, Vedacil e Acquella) que podem mudar a cor das telhas, realçar suas características ou mesmo não alterar a aparência. Já a manta asfáltica aluminizada muda o acabamento final do telhado de uma forma mais impactante que uma pintura.

Em coberturas inclinadas geralmente é utilizado membranas aplicadas a frio, como o Vedapren Fast ou uma manta asfáltica aluminizada, aplicada a quente com maçarico, como a Vedamax II Glass Alumínio. Ambos os produtos podem ser utilizados em coberturas metálicas.

E quando o problema aparece com o tempo? É comum o telhado sofrer uma série de intervenções ao longo da vida útil, sem as devidas precauções para manter a impermeabilidade. Para resolver o problema, primeiro é necessário analisar de onde vem o vazamento, como estão as condições das telhas e da própria estrutura do telhado. É preciso levantar custos, comparando o telhado novo impermeabilizado com o custo dos produtos para correção. O custo da correção pode ficar mais barato, mas a durabilidade pode ficar comprometida. Em geral, o produto mais indicado para esta correção é o Vedamax II Glass Alumínio.

Outros locais também podem ser responsáveis pelo vazamento. Devem ser analisados as junções, se há telhas quebradas e a calafetação. Se for na calafetação o consumidor pode remover o revestimento existente, limpar a área e aplicar o selante Vedaflex.

Se o problema for nas calhas e rufos pode ter ocorrido por falha na fixação, calafetação e deterioração dos materiais. Para sobreposição de uma calha sobre outra é indicado o Selacalha e dependendo das características da obra o selante Vedaflex. Calhas metálicas oxidadas devem receber tratamento prévio de um convertedor de ferrugem como o Armatec OX7 ou o Armatec ZN, antes da impermeabilização. Calhas e rufos podem ser impermeabilizados com a membrana acrílica Vedapren Fast. É importante lembrar que calhas e rufos devem sempre passar por limpeza constante para evitar o entupimento e consequente vazamentos. A manutenção preventiva deve ser efetuada não apenas nestas peças, mas no telhado como um todo.

Serviço:
Vedacit
0800-833-2248
vedacit.com.br