A Gypsum lançou sua nova chapa Fortíssima de 15mm de espessura, o que representa níveis mais elevados de desempenho quanto a impactos, isolamento termoacústico e ação contra o fogo, em relação à tradicional chapa de 12,5mm.

Sua produção requer maior precisão e mão de obra mais especializada. Mas como é fabricada uma chapa de gesso? Todo o processo dura em torno de 4 horas e é constituído em seis passos. Os materiais utilizados pela Gypsum Drywall são 100% recicláveis, o que torna o sistema construtivo sustentável. Abaixo você poderá acompanhar as seis fases da produção da Fortíssima e entender a diferença da fabricação de uma chapa de gesso de 12,5mm para uma de 15mm.

Passo 1 – Britagem: Na fase inicial acontece o processo de redução da gipsita in natura (sulfato de cálcio dihidratado), chamado de britagem. Este trabalho é feito em duas etapas, com a primeira redução feita por um britador de mandíbulas reduzindo o minério até 50mm e a segunda, feita por um moinho de martelos, que reduz para 30 mm.

Passo 2 – Calcinação: O processo seguinte ao de britagem é o de calcinação, que é a desidratação do minério para transformá-lo em gesso. A gipsita, após passar pelo moinho de martelos, segue para um sistema de moagem e calcinação para retirada de ½ molécula de água, formando-se o hemidrato. A partir daí o gesso segue para filtros e silos para resfriamento e estocagem.

Passo 3 – Formação: Na terceira fase da produção de drywall, todos os componentes químicos se juntam em um equipamento chamado misturador, para a formação de uma massa que dará origem a chapa de drywall. Esses componentes são: gesso; água; papel específico para fabricação de chapas; aditivos; cola branca e carimbo.

Passo 4 – Transferência Úmida: Nesta fase, chamada transferência úmida, a massa deverá ser endurecida e cristalizada. A chapa passa por reações químicas que originam o seu endurecimento e aderência. É nessa etapa que a chapa também passa pelo processo de corte para os tamanhos comerciais.

Passo 5 – Secagem: A chapa, ao deixar a transferência e entrar no secador, ainda não está totalmente endurecida, devido à presença de uma grande quantidade de água. A retirada da água em excesso é feita pelo secador, cuja temperatura interna gira em torno de 200° C. É nesta etapa que se faz a diferenciação entre a chapa de 12,5mm e a de 15mm. A Fortíssima passa mais tempo dentro do secador devido a maior quantidade de massa e para um melhor desempenho e robustez.

Passo 6 – Transferência Seca: Após sair do secador, a chapa é cortada em até 10mm nas suas extremidades e recebe uma fita chamada bundler (ou fita gomada), para evitar quebra das pontas. São formados lotes de produtos e enviados ao estoque. Lá, as chapas recebem embalagens especiais.

Serviço:
Gypsum Drywall
0800 282 9255
gypsum.com.br

[CFP_Form id=’2′]