iGUi Piscinas tem leque de opções que vão desde sistemas de aquecimento, capa térmica, ducha solar até termômetro para verificar a temperatura ideal da água.

Trocador de calor Thermas e Ducha Solar Kelvin

Mergulhar numa piscina quentinha durante a temporada de frio é mais que um momento de lazer, é uma terapia.  A iGUi Piscinas oferece várias alternativas para deixar a água na temperatura confortável para o mergulho, mesmo nos dias de temperatura baixa. E é possível instalar os equipamentos até em piscinas já construídas.

Quem espera rapidez na hora de aquecer a água, o sistema elétrico é o mais indicado. Para essa opção, a iGUi tem o trocador de calor Thermas Kelvin, certificado pelo Inmetro – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia.

O equipamento possui um ventilador que capta o ar de fora para dentro e um circuito de tubos com gás pressurizado semelhante ao de um refrigerador, porém, com funcionamento inverso. O gás aquece e troca calor com a água ao passar por um condensador. Nele, o gás volta frio para o circuito e entrega água quente para a piscina. O Thermas Kelvin trabalha com a ajuda da motobomba, que serve para impulsionar a água da piscina para dentro do equipamento e faz com que ela passe pelo sistema para ser aquecida. Deve ser instalado em local aberto, respeitando distâncias mínimas de outros objetos.

As vantagens estão na alta eficiência e durabilidade. A relação entre o volume de água aquecida e a quantidade de energia gasta é o que revela a sua eficiência. Quando comparado a um aquecedor de passagem, como o de resistência elétrica, seu aproveitamento é muito maior e a durabilidade é superior, já que o Thermas Kelvin é movido apenas por motores elétricos de baixa manutenção com um conjunto eletrônico simples. Segundo estimativas, o seu consumo representa 20% do gasto de um aquecedor por resistência elétrica.

Ele possui três funções básicas: aquecimento, resfriamento e ajuste automático. Na função aquecimento, o valor da temperatura é estabelecido e o equipamento funciona até alcançá-la. Depois desliga e torna a acionar-se quando existe uma queda de temperatura. No resfriamento, o processo é inverso, a temperatura mais baixa é selecionada e o sistema fica ligado até alcançá-la, corta o funcionamento e volta a ligar quando a temperatura sobe. Já no automático, a temperatura se mantém flutuando muito próxima do valor selecionado e aciona o aquecimento ou o resfriamento, quando necessário. Além disso, o Thermas Kelvin conta com temporizador para programar um horário de funcionamento, sensor de fluxo de água e sistema anticongelamento, que garante que a água não se solidificará dentro das partes da tubulação e não danificará o equipamento.

Outra opção para manter a piscina quentinha é o Aquecimento Solar Kelvin que utiliza a energia do sol.

São placas que ficam expostas sobre o telhado mais próximo da piscina, chamadas de coletores: eles são uma sequência de pequenos vasos que captam calor do sol e transferem para a água. Devem ser instalados numa cobertura que receba o máximo de luz e calor solar possível. E devem trabalhar com uma determinada inclinação para que a água escoe de maneira correta no interior dos vasos.

A motobomba joga a água até a altura necessária para transferência por dentro dos vasos do coletor. Eles são fabricados na cor preta para aumentar a eficiência da captação do calor. Há estimativa de que uma piscina compacta necessite de quatro placas; a média, nove e, a grande, 16 unidades. Os coletores são produzidos nas mesmas medidas, formando 2m².

O Aquecimento Solar Kelvin possui controlador que funciona a partir de uma regulagem de temperatura. Enquanto a água não a alcança, o sistema permanece ligado.

O grande diferencial do produto é que dispensa o consumo de energia de outra fonte e transforma o equipamento em uma alternativa econômica e sustentável, porém, é importante resaltar que nos dias mais frios a sua eficiência é menor devido à baixa intensidade solar. Além disso, o sistema tem diferenciais técnicos, como o sistema de fixação e agrupamento das placas e a adaptação perfeita da motobomba no bloco do equipamento de filtragem.

A capa térmica é outro recurso que auxilia na diminuição da perda de calor nas piscinas, possui baixo custo e ainda facilita o trabalho de limpeza.

A Capa Térmica da iGUi reduz a perda de calor em até 80%; aquece aproximadamente 4ºC em exposição ao sol e aumenta em mais de 20% o rendimento do Aquecedor Solar e do Thermas Kelvin porque evita que o calor gerado por eles se desperdice na superfície da água. Ela possui uma série de bolsas de ar que atuam como isolante térmico na área de maior dissipação de calor, que é a superfície da água.

Já para verificar se a água da piscina está confortável para o banho, o Termômetro da iGUi cuida disso! É um aparelho convencional que flutua na água, não utiliza baterias e exibe, continuamente, a temperatura entre 0ºC e 50ºC.

A iGUi oferece ainda a Ducha Solar Kelvin, que aquece 60 litros de água em apenas duas horas, utilizando a energia do sol. Esse dado é um valor aproximado, podendo variar conforme a temperatura ambiente e a intensidade de calor do sol. Igualmente, o bom aproveitamento se deve à cor e ao formato do reservatório de água. Ela é alimentada por meio da rede de água da residência.

Serviço:
iGUi Piscinas
0800 7774484
igui.com.br