Uso do drywall permite estética diferenciada nos ambientes.

Quase sempre preteridos nas reformas, os tetos agora estão recebendo cada vez mais atenção de arquitetos e têm ganhado destaque na decoração. Se há até pouco tempo, os tetos eram lembrados apenas como um revestimento da laje ou um simples rebaixo, hoje a realidade é outra. O uso cada vez maior do drywall nas construções brasileiras tem permitido aos arquitetos e designers de interiores soltarem a criatividade e ousarem nesta parte da casa.

Sancas, tetos em curva, flutuantes ou recortados para iluminação embutida. São inúmeras as possibilidades que o drywall oferece aos projetistas. Segundo Omair Zorzi, gerente técnico da Knauf do Brasil – fabricante de drywall –, hoje o produto oferece um design diferenciado, permitindo a criação de ambientes mais sofisticados e aconchegantes. “Algumas chapas de drywall, por possuírem diferentes perfurações, proporcionam uma estética única, além de garantirem níveis distintos de absorção acústica”, explica Zorzi.

O gerente ressalta ainda que, além das inúmeras possibilidades estéticas, o drywall oferece também extrema facilidade de manuseio, permitindo a passagem de fiação de maneira prática, além de ser capaz de esconder vigas e aproveitar colunas e espaços pouco utilizados. “Por se tratar de um ponto delicado para decorar, os tetos costumavam apresentar uma aparência simples e padronizada, mas aos poucos, o uso do drywall tem mudado esse perfil”, completa.

Serviço:
Knauf do Brasil
(21) 2195-1161
knauf.com.br